fevereiro 24, 2017 -

image1
Avante jogadores! Vamos falar hoje sobre um assunto polêmico e que tem tirado o sono de muitos players e, acreditem ou não, da nossa equipe. A regra do Alter Ego sempre existiu em Battle Scenes. A ideia era trazer ao jogo a noção de que cada herói é único, não existem dois Hulks (Bruce Banner) na Terra-616 da mesma maneira que o Justiceiro 2099 é uma única pessoa.

Isso fez sentido por muito tempo, era uma característica do jogo e tinha um flavor especial. Entretanto conforme o jogo foi se desenvolvendo, novos personagens foram criados, novas identidades para os mesmos alter egos, tudo isso gerou uma perda de valor muito grande para o cenário competitivo, e visando a saúde do jogo tomamos uma decisão difícil, mas que julgamos acertada.

A regra 4.4.2.1. REQUISITOS PARA ENTRAR EM CENA item A.4a Personagens-EV passa a ser: Não pode haver outro personagem do seu lado da cena com o mesmo alter ego (ou mesmo nome, se não houver alter ego) do card do personagem que você está tentando colocar em cena, exceto pelo personagem/suporte que será evoluído.

E a regra 4.4.2.1. REQUISITOS PARA ENTRAR EM CENA item A.4b Personagens não EV será alterada para: Não pode haver outro personagem do seu lado da cena com o mesmo alter ego (ou mesmo nome, se não houver alter ego) que o personagem que você está tentando colocar em cena.

Por fim a regra 4.4.2.1. REQUISITOS PARA ENTRAR EM CENA item A.4c Suportes será alterado para: Não pode haver outro suporte do seu lado da cena com o mesmo nome que o suporte que está entrando em cena.

 

image2

 

O que isso muda? Basicamente, Mirror Matches passam a ser mais justas, a parte estratégica do jogo muda completamente, pois diversas limitações caem e não será mais possível travar um personagem de um oponente simplesmente colocando-o primeiro na mesa.

Porém, temos mais mudanças que visam simplificar e dinamizar o jogo. Não teremos mais descarte gratuito e capacitação gratuita. Personagens passam a só poder ser capacitados pelo descarte ou por efeitos de cards, não havendo mais capacitação gratuita e o descarte de cards se torna livre, podendo o jogador descartar quantos cards quiser durante sua etapa de preparação. Assim, será possível descartar cards para capacitar seus personagens ou apenas para gerar recurso.

Com essa mudança, a regra o item C.4. – Descartar da regra 6.2. FASES DO TURNO muda para:

– Descartar quantos cards desejar durante a fase de preparação do seu turno.

 

O item C.1 – Capacitação Básica será alterado para:

– Descartar um card de sua mão para capacitar em 1 um personagem que você controla e que ainda não recebeu uma capacitação básica neste turno (você não pode descartar cards para capacitar desta forma personagens que já se encontrem no estágio 2).

 

Esta mudança altera drasticamente o tempo de jogo, já que o impacto das decisões de capacitação e descarte se torna outro, trazendo agilidade nas decisões e evitando problemas como “Já capacitei esse turno? Já descartei?” tornando a duração das partidas menor e mudando o foco das decisões para momentos mais estratégicos e relevantes.

Uma reclamação constante que recebemos é a desvantagem em ser o segundo a jogar. Então trazemos uma pequena mudança: o jogador que optar por começar o jogo não irá comprar um card em seu primeiro turno (Mas sua etapa de contagem regressiva acontece normalmente).

Por fim a última mudança: alteramos o funcionamento da Fase de Compra. Caso o jogador durante sua fase de compra controle um ou mais personagens, ele deve comprar 2 cards. Caso não controle nenhum personagem, o jogador deverá comprar apenas 1 card. Essa mudança visa auxiliar as novas regras de capacitação, garantindo que os jogadores tenham mais oportunidade para capacitar seus personagens.

Sendo assim o item B. Fase de Compra da regra 6.2. FASES DO TURNO será alterado para:

– O jogador que controla o primeiro turno da partida pula Fase de Compra.

– Desencadeamento e resolução dos efeitos que são desencadeados no início da Fase de Compra.

– Se o jogador ativo cena no início de sua Fase de Compra não controlar nenhum personagem em ele deve comprar UM card de seu deck.

– Se o jogador ativo no início de sua Fase de Compra controlar um ou mais personagens ele deve comprar DOIS cards.

– Desencadeamento e resolução dos efeitos que são desencadeados no final da Fase de Compra.

Acreditamos que estas mudanças sejam suficientes para trazer equilíbrio para as partidas e solucionar diversos problemas enfrentados por jogadores em eventos competitivos. Manteremos o cenário competitivo sobre avaliação e sempre que necessário, faremos alterações nas regras para buscar o balanceamento do jogo.

Todas as mudanças passam a valer a partir do dia 10/03/2017, quando divulgaremos a nova versão dos Manuais oficiais com estas alterações.

 

image3

 

Agora um último anúncio. A lista de cards Banidos.

Os formatos Batalha Infinita – Pauper, Batalha Infinita – Tribal, Batalha Sitiada-Pauper e Batalha Sitiada-Tribal seguem sem alteração.

No formato Batalha Sitiada-Padrão e Batalha Infinita-Padrão serão alteradas acrescentando um novo card.

Tony Stark está BANIDO!

 

image4

 

Nosso bom e velho amigo Tony chegou ao ponto de ser insustentável no formato, ao gerar 2 buscas automáticas por apenas 1 recurso, permitir diversos Homem de Ferro na mesa e gerar vantagem de cards na mão, ao mesmo tempo que devolve ao deck: cenários, personagens e habilidades. O card sempre foi forte, temos noção disso, mas sua combinação com outros cards do metagame permitem que ele gere uma abertura de jogo muito explosiva e queremos evitar ao máximo personagens que sejam opressivos neste nível.

Portanto as listas de banidas passam a ser:

BATALHA INFINITA

Batalha Infinita – Padrão

  • Ultron-5 – V1
  • Retirada Estratégica – V1
  • Resgate Enroscado – V1
  • Suborno – V1
  • Livro de Vishanti – V1
  • Manto de Levitação – V1
  • Olho de Agamotto – V1
  • Despedaçar a Realidade – V1
  • Investigação Silenciosa – V1
  • Cubo Cósmico – V1
  • Tony Stark – V1

 

Batalha Infinita – Pauper

  • Investigação Silenciosa – V1

 

Batalha Infinita – Afiliações

  • Imposição Estratégica – V1
  • No Lugar Errado – V1
  • Retirada Estratégica – V1
  • Resgate Enroscado – V1
  • Despedaçar a Realidade – V1
  • Investigação Silenciosa – V1

 

BATALHA SITIADA

Batalha Sitiada – Padrão

  • Ultron-61112 – V1
  • Retirada Estratégica – V1
  • Suborno – V1
  • Manto da Levitação – V1
  • Investigação Silenciosa – V1
  • Cubo Cósmico – V1
  • Tony Stark – V1

 

Batalha Sitiada – Pauper

  • Investigação Silenciosa – V1

 

Batalha Sitiada – Afiliações

  • Imposição Estratégica – V1
  • No Lugar Errado – V1
  • Retirada Estratégica – V1
  • Investigação Silenciosa – V1

 

Mais uma vez, reforçamos nosso compromisso com o bem estar e saúde do jogo e agradecemos a compreensão e esforço de todos os jogadores. Temos certeza que estas mudanças trarão um novo ambiente ao Battle Scenes, mais saudável e sustentável!

E Avante, Jogadores!

Tag: , , , , ,
  • Jorge Neves

    Gostei na alteração da regra do alter ego, ajuda muito os mirror matches, mas Tony? Estranho V2 ignora 2/3 do jogo pra 1 afiliação e ta correndo solto. Fora isso gostei da nova fase de compra e parabens copag, sempre no aguardo de novidades desse nivel.

    • Valeu Jorge! Mudanças importantes no jogo :)

      • Jorge Neves

        Copag, outra coisa, ha um tempo eu venho notando que o retorno ao jogo é muito dificil, por exemplo, vc montou a mesa e seus personagens morreram, indo 14 pontos pro seu oponente. Nesse caso, a menos que vc consiga puxar um convocar reforcos ou algo similiar, é muito dificil retornar ao jogo. Não seria interessante ver a regra de contagem regressiva para que, no lugar de voce mandar cards do topo do deck pro recursos referente aos personagens que voce perdeu, nao virarem compra? Creio que ajude o midgame. Apenas uma sugestao.

        • Thiago Araujo

          com toda certeza, é impossivel voltar ao jogo, mas não acho legal beneficiar com compra, draw é uma ferramenta forte que esta se banalizando… acho que deveria ter mais cartas de controle, impedimentos, voltar pra mão, travar o oponente para conseguir voltar…

          • Jorge Neves

            Pois é, o foda é balancear isso, outra opcao tb poderia ser: a cada 2 personagens, vc pode tutorar 1 com 1 filiação em comum com esses 2, mas tutor tb é muito OP. Acho que compra seria a mais “justa”, ja q vc n pode comprar a carta extra sem personagens na cena.

        • Thanos

          Ficaria absurdo, não valeria a pena colocar personagens em cena. Voltaria a ser como em BSET.

        • Thanos

          Sempre acontece de reclamarem disso, mas se você perde a sua cena toda e não tem cards na mão, tem que perder o jogo mesmo.

  • Rogger Rocha

    Ainda estou assimilando as mudanças, mas acredito que isso seja bom pro jogo!

  • Daniel Albareda

    Otimo ter banido tony stark, mas sem sentido NENHUM essa mudança na regra de alter ego! Inutilizaram diversas cartas. É uma pena, espero não ter ferrado o jogo.

    • Daniel Feitosa

      Cara. Elas só pararam de ser obrigatórias em todo santo deck. Mas ainda tem seus usos lindos e maravilhosos de clonagem de personagem staple <3

    • Edu C Avelar

      a regra de alter ego era prejudicial demais, uma verdadeira b…..
      ficou muito melhor assim

  • Kleber Kennedy Menezes

    Só acho que poderia aproveitar a carona e Banir Invasão Secreta pra evitar clone de personagens.

    • Yuri Bittencourt

      Discordo! Tinha te dar banido Planos de Infiltração que tem o mesmo peso que Tony Stark. Com essas novas regras, planos vai ser mais OP do que já é. Com a liberdade de descarte que vc tem na preparação fica muito fácil de baixar muitos personagens

      • Kleber Kennedy Menezes

        Mas vc não acha que vai ficara abusivo o uso da invasão Secreta? facilitar muito vc colocar 3 iguais, não acha? Pq eu tava falando disso da invasão dentro desse novo cenário.. se banir planos ou não, são outros 500.

        • Victor Martins

          Não acho que mude muito o invasão secreta como funcionava antes pra agora so por poder ter o personagem igual na mesa. Vão existir cenários absurdos, verdade, mas não serão muitos. Apesar de que com essa mudança de regra talvez vejamos algo como em outros jogos no qual o meta é apenas 2-3 decks diferentes.

          • Jose Buaszczyk

            ta mas agora nao podendo baixar mais de uma copia de personagem em sua cena… então ainda vai poder usar invasao secreta pra baixar tipo 2 cassandra??… ex: ja tneho uma em cena, oponente tem uma tbn.. ai usando invasão secreta poderei baixar mais uma??? pq ali diz q nao posso tentar baixar o msm card q ja tenho em cena.. como fica dai??

          • Victor Martins

            Sim, você ja pode fazer isso, tipo tem duas cassandras na mão e coloca a invasão em cena coloca a primeira, usa a invasão do recurso e coloca a segunda.
            Cassandra vai ser banida de qualquer maneira então…

          • Rannier

            Acho que Cassandra ainda joga mais algumas coleções. É parte da MasterBox. A Copag não ia dar esse tiro no pé. A menos que desenvolvam uma forma de desequilibrar o jogo com ela.

          • Victor Martins

            Mano você dizer isso faz parecer que nunca viu a konami fazendo a mesma coisa pra ter venda so pra banir a carta logo depois.

          • Thanos

            A Copag nunca fez isso, pelo menos até agora. Sempre demorou para banir.

            A Konami é a do yugioh? Se for, realmente, ela faz isso direto mesmo.

          • Victor Martins

            Ela mesma. Tipo realmente não tem como falar pq eu não conheço nenhum tcg da copag além do BS mas se for seguir a linha de bans ate agora cartas que aparecem em todos os decks tão sendo banidas logo. So não sei quanto ao dr. estranho v3, ele aparece em tudo mas n sei pq.

          • Thanos

            Alguns exemplos de cards que aparecem em quase todos os decks já faz um tempo e dificilmente serão banidos tão cedo: Cassandra, Joia do Tempo, Joia da Alma, Câmara Neutralizadora, Câmeras de Vigilância, Bater em Retirada, etc…

            As banidas até agora foram por esses dois motivos:

            Cartas bugadas – Itens mágicos antigos, Retirada Estratégica, Investigação Silenciosa, Resgate Enroscado e Suborno. Em resumo cards que tiveram sua função no passado, mas que tiveram seu uso distorcido ou exagerado, gerando efeitos colaterais prejudiciais.

            Equilíbrio – Despedaçar a Realidade (várias regiões do país estavam com o metagame voltado para esse card), Ultrons (quando o deck estava em vantagem e ganhou o Royal, mas eu achei desnecessário esse banimento, só banindo Suborno o deck já ficaria justo com os outros) e Tony Stark (pois os decks de Homem de Ferro/Illuminati estão dominando muito o metagame atual).

            Mas elas não seguiram o esquema de yugioh nesses banimentos, todos esses banimentos demoraram para acontecer em relação ao lançamento do card. No yugioh ele lançam algo muito forte, todo mundo compra e depois banem.

          • Victor Martins

            Enquantop eu concordo com banir o suborno, demorei pra entender como usar ele mas depois q aprendi vi que era mto robado, o motivo pra eles terem banido o ultron, pelo menos o que foi dado, pra mim não funciona, so por que ele ganho esse royal quando ele ficou em segundo no primeiro pra mim não é mutivo pra “banir para equilibrio” ainda mais quando o top 10 foram 9 illuminate HDF e 1 ultron.

          • Thanos

            Sim, concordo. Suborno deveria ter sido banido (enfraquecendo o Ultron), mas os Ultrons em si poderiam ficar.

          • Victor Martins

            Pra mim eles baniram o ultron pra forçar os jogdores que so jogavam com ultron e ficavam apens atualizando ele a mudar de deck para que eles possam vender mais cartas.
            Por que, sério, eles não nerfaram o ultron eles simplismente mataram ele, enquanto com o illuminate vai ser apenas um nerf mesmo pq o tony era forte mas ele não é essencial para o deck.

          • Thanos

            Pode ser que tenham tido essa intenção mesmo, não duvido. Mas pelo menos demorou bastante para acontecer o banimento dos Ultrons, acho que foram quase 2 anos do lançamento de de BSIV até banirem.

            Verdade, Illuminati continua existindo e ainda funciona, só perdeu a supremacia com esse banimento. Podiam ter feito o mesmo com o Ultron.

          • Jose Buaszczyk

            isso eu ja sei.. mas to me referindo agora com esta nova regra onde diz: “Não pode haver outro personagem do seu lado da cena com o mesmo alter ego (ou mesmo nome, se não houver alter ego) que o personagem que você está tentando colocar em cena.”

          • Victor Martins

            Se uma carta falar que você pode fazer algo e a regra falar que você não pode a carta tem preferência sobre a regra.

          • Thanos

            Pode sim, antes mesmo de mudar já podia.

        • Yuri Bittencourt

          Kleber, com as mudanças das regras o jogo é praticamente outro. Invasão Secreta passa a ter mais valor agora. Pois no meta atual, permitirá que hajam várias Cassandras, Mercenários etc. Mas não é apenas esse cenário. Convocar Reforços agora voltou para o jogo e passa a estar na lista de possível bans ou até mesmo restrição. Planos, Invasão e Convocar agora se tornaram OP. Só acho que o banimento de Planos deveria ter vindo junto ao Tony.

      • Thanos

        Planos de Infiltração tem esse peso para vários decks, não apenas para o deck de Homem de Ferro. Eu acho que deveriam banir Gata Negra, que é a jogada mais injusta do jogo atualmente.

        • Yuri Bittencourt

          As pessoas só usam Gata por terem certeza que conseguirão buscá la com Planos. Com banimento de Planos acho q a gata perde seu peso no jogo. Logo, não precisa banir da gatinha

          • Thanos

            Mas a Gata também pode ser buscada com outras cartas, Convocar Reforços, por exemplo. Daí qualquer carta boa que busque ela no turno 1 teria que ser banida também. Sendo que banindo apenas a Gata já resolveria o problema.

          • Yuri Bittencourt

            Entendi seu ponto de visto. Porém Convocar Reforços vc tem uma condição pra ativar, que seria ficar sem mão. Já o Planos apenas carregando em personagem com genialidade, já ativa. O jogador que utiliza planos, não sofre nenhum penalti

          • Thanos

            Sim, concordo. Não estou dizendo que é tão bom quanto, só que a jogada continuaria podendo ser realizada e continuaria injusta mesmo com esse drawback.

    • Jorge Neves

      Universo Paralelo V1 acabou de ficar inutil, ja q foi incorporado na regra agora. :)

    • Eduardo S. Costa

      Tinha que banir invasão secreta e convocar reforços, as duas cartas vão ser mega abusivas na proposta de novas regras.

      • Victor Martins

        A nova regra em si é ruim mas não acho que ela vá fazer essas cartas OP a ponto de banir elas.

  • Vinicius Costalonga

    olha venho acompanhando o trabalho de voces e tenho visto um otimo desenvolvimento, concordo bastante com o banimento do tony que gera uma abertura absurda pra illuminati e outros, porem a regra de alter ego era o que tornava o jogo tao divertido tao unico , fora a capacitação gratis , alem do mais nao acredito tanto que deck com descoberta, invocação carmica e outras que ajudam a comprar no começo serao prejudicados por nao comprar , em contra parte quem nao tem personagem compra 1 ? entao se meu adversario matar todos meus personagens eu tenho que sentar e chorar pq ele vai comprar duas + ações de personagens e eu 1 so, sendo que a dificuldade de voltar pro jogo vai ser toda minha, gosto muito do trabalho de voces, mas essas regras acredito eu, pioraram bastante a jogabilidade do jogo …. quando eu falo de por mim , venho apos ter conversado com todo o playgroup de vila velha e vitoria onde temos opniões semelhantes

    • ramiromodica

      Exato

    • Thiago Araujo

      concordo com a compra, a parte do alter ego ta perfeito

      • Anderson Thelles

        pra mim é o contrário… As compras foi uma ideia boa, vai acelerar muito o jogo e talvez vamos ter nosso querido MD3 e sideboard… Quanto aos alter ego, eu odiei muito! Muito mesmo! Mudar esta regra fez vários cards e efeitos perderem o sentido!

    • Rogger Rocha

      Não cara, a contagem regressiva continua normal, se você não tiver nenhum personagem em cena. Só no início é
      que vc não comprar por estar começando a partida.

  • Gabriel Pereira

    Eu ainda posso descartar um personagem com o mesmo alter ego que o meu oponente tem e dar um draw certo!?

    • Jorge Neves

      Creio que sim, já que não houve alteração nessa parte. O melhor é que agora voce tem a opcao de baixar o personagem, alem de apenas transformar ele em draw, no caso da mesa estar complicada para voce nocautear o do oponente.

  • André De Carvalho Ribeiro

    Tony banido e mudança da regra de alter ego são ótimas notícias. As mudanças de capacitação, descarte e compra assustam, mas são interessantes.
    Vamos jogar pra ver como ficou, mas isso mostra uma preocupação com o jogo e deixa os jogadores felizes, continuem assim!
    Agora queremos spoilers de Forças Estelares e, particularmente, um deadpool novo! hahaha

    • Rogger Rocha

      Deadpool, aí sim!

    • Victor Martins

      Mudança de regra de alter ego foi a pior coisa que eles poderiam ter feito com o jogo.

      • Bahnhof Zoo

        Olha, o jogo provavelmente vai ficar mais saudável assim. Agora mirror matches não são vencidas por quem consegue bloquear o oponente primeiro e sim por quem tem o combo mais efetivo.

        Daí o cara não perde automaticamente se, no combo dele, determinada carta vier só no final.

        • Victor Martins

          Cara a ideia da regra de alter ego era incentivar os joigadores a não ficarem no netdeck e fazer mirror mtachs serem ridiculas, forçando os jogadores a jogarem com decks variados.
          Pra mim eles fazerem essa mudança por cause do mimimi de alguns jogadores, a maioria se a gente for pelos forums, foi uma pessima jogada.

          • Thanos

            Se era esse o objetivo, claramente não estava funcionando.

  • Rafa Oliveira

    Oi, Copag!
    Toda mudança requer um tempo de adaptação, então não vou comentar as novas regras, uma vez que ainda não testei.

    Sobre a regra de alter ego, acho que vcs leram o artigo q fizemos na Smash. Eu me posicionei contra, mas meu maior medo era a supremacia Iluminatis. Porém, acredito que isso vá mudar muito com o banimento do Tony Stark!
    Acredito que podemos ter um cenário mais competitivo e com novos decks.

    Só me resta parabenizar pela coragem e mostrar que estão atentos à comunidade do jogo.

    P.S. meu amor por vcs continua o mesmo!
    Hahahahahaha

  • Jess Oliva

    Ainda pode descartar personagem com o mesmo nome pra preparar 1 personagem mais de uma vez?

    • Jorge Neves

      Não vejo pq nao, ja q ali ele fala de capacitação básica apenas. Como por alter ego é do mesmo tipo que a por liderar, não sofre altereção.

  • Marcio Lima

    aplaudindo de pé as mudanças.

  • Ricardo Albertoni Farro Dias

    Então os Metamorfos te permitiram ter 2 Cassandras caso o meu oponente tenha uma? Interessante

    • André De Carvalho Ribeiro

      “E a regra 4.4.2.1. REQUISITOS PARA ENTRAR EM CENA item A.4b Personagens não EV será alterada para: Não pode haver outro personagem do seu lado da cena com o mesmo alter ego (ou mesmo nome, se não houver alter ego) que o personagem que você está tentando colocar em cena.”
      agora a regra está certinha, ela fala sobre a sua cena e não do oponente :)

    • Tobias

      Metamorfo, Invasão Secreta, etc.

    • Dan_Gaspar

      a regra de metamorfo ja não permite que tenha mesmo alter ego que o seus personagens

    • Thanos

      Se cada jogador tiver uma Cassandra em cena, Metamorfos e Invasão Secreta deixam colocar uma terceira.

  • Bruno Henrique

    Partiu mudar de cardgame

  • Rodrigo Zardo

    A mudança na regra de compras é preocupante. Considerando as novas regras de descarte, acho que vai ficar muito difícil voltar para o jogo caso fique sem personagens na mesa e com seu oponente comprando 2 cartas todo turno…..

    • eumermo

      Em termos, sim. Mas considerando que a “trava” de alter-ego não existe mais, voltar pra mesa com Cassandra e suportes ficou infinitamente mais simples. Acho que é meio que uma compensação. Além do mais, agora os decks não são mais obrigados a usarem estritamente poderes que geram muitos recursos e compras, já que o proprio jogo agora te recompensa por jogar. Veremos como fica.

      • Rogger Rocha

        velho, a trava de alter ego é pra mirror, BS não se resume a META, vc sai pra jogar com os amigos e vemos diversos Decks, é raro em For FUn ter mirror, isso só serve pra Torneio OP.

  • Edu C Avelar

    Coapg, pq os ultrons não são banido no formato de filiação? Se eles davam problemas no sitiado e na infinita, onde vc têm muito mais recursos, na filiações eles são muito mais fortes. E suborno tb não é banido no formato de filiações. Isso quebra muito.

    • Flávio Maglioni

      Pq os ultrons não tem todos a mesma afiliação talvez?

    • Thanos

      Suborno deveria ser banido em todos os formatos, nos tribais e nos pauper também.

  • Dan_Gaspar

    E metamorfo como fica? vai ter errata?

    • Anderson Thelles

      metamorfo, invasão secreta V1, invasão secreta V2, universo paralelo

      • Thanos

        Universo Paralelo realmente não faz mais nada, as outra ainda tem uma utilidade.

    • Rogger Rocha

      Não interfere em nada. Você só não pode ter outro alter ego igual aos seus em cena.

      • Anderson Thelles

        O que ele quis dizer é que a habilidade metamorfo não serve de mais nada

        • Rogger Rocha

          ISso!

          • Anderson Thelles

            Muito triste isto! :(

        • Dan_Gaspar

          seria interessante (e mais lógico) o metamorfo agora poder ter outro alter ego igual ao seus em cena

        • Dan_Gaspar

          uma coisa interessante que o metamorfo poderia fazer é buscar o personagem com mesmo alter ego q o oponente tenha em cena

        • Thanos

          Serve para colocar uma terceira copia do personagem. Por exemplo, caso seu oponente tenha uma Cassandra em cena e você tenha uma também em cena, poderá usar o texto de um Metamorfo para colocar uma terceira Cassandra em cena.

    • Guilherme Saiz

      vai permitir q vc clone os personagens, mesmo q vc ja o tenha em cena um de mesmo alter ego

  • Lucas Melo

    Copag, a capacitação extra ainda existe? Posso descartar uma carta com o mesmo alter ego/nome de uma carta que o oponente controla para comprar 1 carta do meu baralho?

  • Guilherme Saiz

    Copag, por que não explorar a regra de alter ego usando as versões dos personagens??
    Vc só pode baixar personagens com mesmo alter ego que estiver em cena, apenas se for uma versão diferente ou nome diferente, do que já exista em cena. Com ctz justificaria a existência de versões diferentes dentro do jogo, como também as “transformações”.

  • Lucas Melo

    Copag, acredito que deveriam rever a parte de “Meus personagens morreram, tenho 1 personagem e quaisquer outras 2 cartas na mão e meu oponente tem 3 personagens muito bem fortalecidos em cena.”. Minha sugestão é o jogador sem personagens em cena comprar mais 1 carta para cada personagem em cena do oponente, ou ele não ter a compra normal e somente essa compra.

  • Eduardo S. Costa

    Essa regra de duas compras caso você controle um personagem é mais um incentivo pro pessoal vir logo para o jogo e abrir campo, ao invés de ficar esperando a carta certa na mão enquanto faz recurso. O grande problema é que isso cria uma dificuldade ainda maior para quem está atrás no jogo voltar ao jogo e continuar no páreo da disputa. É só pensar no caso de meu oponente matar meu campo. Além dele ter todas as ações no turno dele e poder antecipar o personagem que eu colocar em cena, ele ainda tem DUAS COMPRAS GRÁTIS por turno, enquanto eu tenho apenas uma compra. Se eu não conseguir colocar um personagem no turno seguinte dificilmente eu conseguiria vencer a partida.

    • Rogger Rocha

      Porra, eu testei agora a tarde isso ficou descomunal pra quem não tem personagem em cena. Deveria ser o inverso, com certeza seria melhor pra ambos se vc ja tem uma Cena fortalecida, pra que comprar dois cards, ja que quem não tem personagem vai comprar um mizero card pra tentar entrar em cena. Concordo totalmente com vc, meu caro!

      • Thanos

        Se fosse o contrário, o jogo iria voltar a ser o que era na época de BSET, os jogadores esperando eternamente para jogar, só iriam colocar personagens em cena quando fosse para fazer uma mesa “invencível”.

    • Thanos

      Pensando no primeiro turno e comparando com antes, acredito que agora seja maios fácil o segundo jogador vencer se jogar imediatamente. Se ele esperar um turno para jogar, terá a mesma dificuldade de antes, se esperar mais de um turno será mais difícil.

      No momento que perder toda a cena, dependerá muito. Se conseguir ficar com cartas na mão e pelo menos tiver feito o oponente gastar suas principais armas, poderá voltar sim, mas se estiver sem mesa e quase sem mão vai perder mesmo.

  • Tobias

    Copag reveja logo a situação da Invasão Secreta ou passsaremos a ter duelos de 3 Cavaleiro da Lua, 3 Cassandra para cada jogador.

  • Robson Matias

    SOBRE REGRAS COPAG!

    Copag, como você bem sabe, os players de BS tem o péssimo hábito de usar texto das cartas pra fazer rulesharking.

    Então a dúvida é quanto a INVASÃO SECRETA v1. Uma vez que você já pode baixar por natureza da nova regra um personagem com mesmo alter ego que um que o oponente controla, estão dizendo que você pode usar Invasão Secreta pra poder baixar dois personagens iguais ao que oponente controla.

    Por exemplo, o oponente controla uma Cassandra Nova, eu baixo uma já no campo pq a nova regra me permite. E cada um dos players tem uma Cassandra. Em seguida, dizem que eu poderia usar Invasão Secreta para baixar uma SEGUNDA CASSANDRA NO MEU CAMPO. Funcionaria dessa maneira, ou a regra de controlar apenas 1 personagem eu seu campo impede o uso da Invasão Secreta (em resumo, torna ela desncessária)?

    • Thanos

      Poderia sim. inclusive já pode atualmente.

  • Thiago Araujo

    não tem sentido fortalecer a compra de quem ja ta na frente…
    deveria ser ao contrario essa regra de compra!!!!

    • Thanos

      Se fosse o contrário, o jogo iria voltar a ser o que era na época de BSET, os jogadores esperando eternamente para jogar, só iriam colocar personagens em cena quando fosse para fazer uma mesa “invencível”.

  • Anderson Thelles

    Sei bastante que mirror match é algo bem complicado com a regra de alter ego… Mas, há dezenas de coisas que pode ser feito para evitar isto… O problema é que algumas cartas e alguns poderes vão deixar de existir: Metamorfo, uma habilidade muito legal não significa mais nada, invasão secreta V1 e V2, além de Universo paralelo deixam de existir…

    Todas as outras mudanças foram fantásticas e dá pra ver futura melhoria pro jogo, mas esta do Alter Ego foi um tiro no pé… Triste :'(

    • Anderson Thelles

      Contra mirror match eu preferia que a regra mudasse para:

      – Você pode colocar um personagem de sua mão com mesmo alter ego de um personagem que o oponente controla na base de seu deck, se o fizer, revele as cartas do topo do seu deck até aparecer um personagem, o personagem revelado vai para a sua mão e todas as outras cartas reveladas são colocadas na base de seu deck.

      Ai garantia que você teria um personagem para responder o jogo do oponente (mesmo que não fosse aquele que você queria)… Além de manter intacto as cartas invasão secreta, universo paralelo e a habilidade de metamorfo.

      Enquanto não está no manual oficial, ainda dá pra mudar… Pensa nesta ideia copag, sua linda! *-*

      • Filipe Reis

        Que loucura isso, imagine que o cara não tenha personagens no deck e coloque na base, ficaria rodando o deck todo. Pior que clarevidência kkkkk

    • Anderson Thelles

      E só pra finalizar… Com esta regra de descarte a vontade… Convocar Reforços vai ser absurdo no Pauper! É bom que tenha banimento dela no pauper logo! 😀

  • Flávio Maglioni

    Se alguem quiser comprar uma coleção COMPLETA (3 de todas as Cartas, Incluindo Promos), fala comigo.
    dormammu i’ve come to bargain…

  • Rogger Rocha

    Adeus tio Arnim Zola.

    • Thanos

      Por que?

  • Sandro Eduardo Costa

    Segue mais uma vez a sugestão que nunca vi ser colocada em prática.
    Por que não fazem video no canal do YouTube com qualquer mudança de regras.
    Vcs já tem vídeos com as regras básicas mas nunca mais fizeram NADA.

  • Victor Martins

    Esse jogo começou sendo ruim, mas era pela falta de cartas, ficou muito bom e chegou no periodo que fica ruim de novo. Foi tirada a regra que desincentivava o jogador a fazer netdeck, se você quer jogar com exatamente o mesmo deck que todo mundo o problema era do jogar q deveria achar uma maneira de se ajustar mas agora tanto faz.
    Battle scenes perdeu o fazer ele ser o jogo que era com essas mudanças, faz diferença? não, ainda vai ter gente jogando e reclamando de uma coisa ou outra, apenas não vai ser a mesma coisa que a necessidade de estratégia na construção do deck q tinha antes.
    Pessoalmente nunca achei que o primeiro jogdor tinha tanta vantagem mas o primeiro a jogar não comprar durante a fase de compra do primeiro turno é tão cliche q nem tenho como reclamar e envez so acho estranho q demoro tanto pra acontecer.
    Agora o ban dos personagens como o ultron 5 e o tony stark é tão konami que eu fico envergonhado de até comentar sobre eles.

    • Thanos

      O problema é que essa regra nunca foi eficiente para evitar netdeck. Netdeck em BS ocorre desde a primeira série e continua acontecendo até hoje.

      • Victor Martins

        Sim e não, netdeck acontecia mas, pelo menos onde eu jogava, não se copiava o deck por completo para evitar o problema de perder por não ter nenhum personagem para colocar em cena.

        Eu ja vi listas de guardiões por exemplo todas tiradas do mesmo netdeck mas ainda assim diferentes uma das outras.

        • Thanos

          Sim, mas isso vai continuar acontecendo (copiar decks e adaptar ele ao seu metagame e a seu estilo de jogar), isso acontece em todos os card games.

          Cada região tem um metagame diferente e cada jogador joga de forma diferente, então apenas copiar o deck e achar que ele vai funcionar geralmente é um erro. Só funciona se todos pensarem assim e copiarem os decks também e se você conseguir jogar da mesma forma que quem disponibilizou o deck.

  • Gustavo Borges

    Banir o poderoso Stark eu entendo, mas tirar a regra do alter ego só vai garantir que os mesmos personagens sejam utilizados em todos os decks!

    • Rannier

      Acho que na verdade ninguém deixava de usar Cassandra pela possibilidade de encontrá-la no deck do oponente. Entendo sua preocupação, mas poucos consideram (consideravam) o mirror um problema na hora de montar o deck. Vide os diversos textos que dão dicas de como montar deck.

      • Thanos

        Exatamente, e digo mais, ninguém deixava de usar nada pela possibilidade de encontrar em outros decks, apenas colocavam 1-2 invasão secreta e alguns personagens com 1 copia de cada para quando precisasse.

  • Ronaldo Olivera

    Gosto desse jogo pela temática dele, e achava perfeito a regra de não pode haver dois personagens com o mesmo alter ego em cena…. com essa nova regra um pouco do encanto do tema se vai…. e outro banimento q me afeta em cheio, dois em sequencia, primeiro Ultron, agora Tony….. Não acho q vou continuar mais muito tempo nesse card game, paciência…..

    • Thanos

      Minha opinião é que banir os Ultrons foi um erro, se banissem só o Suborno, o deck já ficava justo e parelho com os outros. E por causa do banimento do Ultron, Tony Stark conseguiu dominar o jogo e teve que ser banido também.

  • Márcio Souza

    tenho a opinião sincera de quem começou no jogo desde o início do card game.
    porque não fazer cartas mais balanceadas? não existe custos adicionais para efeitos. tipo cavaleiro da lua é uma carta perfeita que um dia pode ser passivel de ban. justamente pq ele faz tudo sozinho e não tem um custo adicional para que ele seja mais justo e balanceado. descartar um carta da mão por exemplo é um custo adicional. jogadas como descobertas infindáveis + investigação científica pra 3 não deveriam existir. e ainda comprando 2 por turno são 8 cartas… ta complicado essa equipe de designe.

  • Tony Soprano

    Ótimas mudanças.

    Quem fala que agora os decks vão ser sempre com os mesmos personagens ainda não percebeu que quando alguém vai montar um deck, ele não pára pra pensar “não vou usar Cassandra, porque os outros decks usam”, ou “os Illuminatis são muito bons, mas todo mundo usa, então não vou usar” ; o cara vai lá e usa igual.

    Por outro lado, não tem nada mais miserável do que você montar um deck “alternativo” e ir jogar uma partida, e enfrenta justo um cara com o mesmo deck que o seu, e não pode baixar nada. Se você fosse usar um Illuminati num campeonato, você já estaria preparado para uma mirror, e pensaria “paciência, todo mundo usa, então é normal dar mirror”. A única forma de combater o uso de sempre os mesmos cards ótimos em nível competitivo é ter cada vez mais cards ótimos diferentes, então a regra nova é muito bem vinda.

    Tem muita gente falando da dificuldade em se voltar para o jogo, mas na verdade com essa regra é mais fácil também, pois você não será “trancado” nos personagens e suportes pelo oponente. Claro, ainda há uma certa dificuldade, mas se for fácil, as partidas não acabarão nunca, já demoram bastante muitas vezes, se houverem mil bonificações pra voltar aí é que o jogo não acaba mais.

    Por fim, sobre a regra de comprar 2 com personagens, ela é excelente porque obriga os jogadores a ir para o jogo logo. Genialidade fica um pouco mais forte, mas o mais importante é que decks que compram pouco agora conseguem equilibrar as ações com os decks que compram muito. Até um jogador com 1 único personagem em cena cassandrado vai manter o personagem em cena pra comprar 2, e tem muito mais chances de vencer a partida. E ainda para os que gostam de usar Genialidade e Descobertas Infindáveis/Tecnoassalto, lembrem-se do Howard, o Pato ; muitas vezes o jogador que for abrir feliz com Descobertas pra comprar 3, vai tomar um Pato e perder toda a vantagem na partida por essa compra que der para o oponente.

  • Márcio Souza

    O maior problema são os designers de cartas. Fazem cartas perfeitas sem custos proibitivos. Daí é preciso mudar a regra do jogo para não ter q banir umas 15 cartas. O jogo já mudou as regras outras vezes.
    Não vejo com bons olhos constantes mudanças nas regras. Isso quer dizer que não estão sabendo como manter o jogo.
    Nas 3 primeiras edições as cartas eram balanceadas. Alguns erros como resgate enroscado e tal mas tudo bem. Depois foi uma chuva de cartas sem noção. Falta competência a equipe de play test. Não é possível vc criar um dr estranho testar e não perceber que ele pode dominar o ambiente.
    Quando eu acho que a copag entendeu a besteira que estavam fazendo, vem um cavaleiro dá lua e prova que quem faz o designer das cartas é mais fan boy do que jogador.

    • Thanos

      Uma coisa não parece ter nenhuma relação com a outra, “cartas perfeitas” continuam sendo perfeitas com as novas regras.

      • Márcio Souza

        Em parte. Continuam prefeitas. Mas a regra vem pra salvar o meta que foi criado por essas cartas. Não tem como banir 15 cartas de uma vez. Então mudando a regra do jogo tentasse abrir espaço para outras estratégias.

        • Thanos

          Se esse foi o objetivo deles, vai falhar. Pois os cards que jogam atualmente continuarão jogando com as novas regras.

          A base do metagame não vai mudar muito, vai apenas se adaptar.

  • Márcio Souza

    outra coisa que ficou sem sentido é o inicio do jogo. os jogadores descartam as cartas que desejarem e o jogo inicia.
    se vc pode descartar qualquer quantidade na preparação, é melhor não descartar nada e segurar o que vc não quer q o oponente veja

    • Thanos

      Depende, se tiver (ou quer blefar que tem) algum personagem para fazer no turno do oponente, ainda tem que descartar. Ou descartar cards que funcionam dos recursos, como “câmeras de vigilância” ou “Atrasos e Problemas”. Caso contrário, não descarte nada.

  • Jonatha Domingos

    Olha acho que o jogo não deveria ter essa regra de alter ego igual ao oponente. Se a partida fosse mirror dana-se, se vira pra virar o jogo. Minha opinião…Deixou o jogo um pouco parecido com outros Card games e esse era o diferencial do BS. A questão dá Invasão secreta e derivados, com a nova regra esta claramente explicado que não poderá ter outro alter ego do seu mesmo lado. Se eu Baixar uma Cassandra e o oponente baixar uma outra Cassandra, mesmo com uma invasão secreta não poderei baixar uma outra Cassandra porque a regra diz: Não pode haver um outro personagem com o mesmo alter ego do seu lado da cena. Ou to falando errado? Copag?

    • Jonatha Domingos

      Lembrando que são regras novas e devemos deixar o tempo mostrar como será

  • Não parece boa a regra de comprar 2 cartas se tiver personagens e comprar 1 se não tiver. Jogadores amadores que iniciarem perdendo vão ter dificuldade de entrar no jogo e dificilmente terão alguma chance. Vi 2 amigos jogando e o mais amador não conseguia voltar para o jogo nem com a regra antiga de cada um comprar 1, aquele que já tinha cartas na mesa dominou o jogo todo. Copag precisa cuidar, está se preocupando apenas com campeonatos onde profissionais jogam, mas precisa lembrar que para atrair jogadores novos o jogo precisa ser estudado do ponto de vista daqueles que não possuem domínio de combos. Com essa regra poderá espantar os mais amadores que iniciarem perdendo.

  • Tiago Siqueira

    Bem, eu já parei de jogar há vários meses, por causa do jogo ter se tornado “outro jogo” e outros motivos. Mas vou deixar minha ideia…Já que as coisas ficaram tão rápidas assim. A quantidade de recursos gerados pode ser enorme (mais do que ja era), então por que não criar HABILIDADES QUE BANEM CARDS DOS RECURSOS PARA FORA DO JOGO?….Acredito que ficaria mais estratégico, e menos óbvia a sistemática dos turnos.

  • Paulo Cesar Mendes

    E como fica os efeitos metamorphos? E cards como invasão secreta?