dezembro 18, 2017 -

Fala, pessoal! Rodrigo Mesquita aqui e hoje trago mais um artigo da coluna Novos Horizontes. Desta vez, falarei sobre algumas cartas importantes que irão cair na Rotação que chegará em 2018.

O novo formato da Batalha Sitiada contará com a Battle Box – Conspiração Illuminati e Guerra Civil em diante. Perderemos cartas importantes e hoje irei pontuar algumas delas.

 

Múltiplas Identidades

Gata Negra (V1)

A Gata Negra é uma carta com uma habilidade sensacional graças ao seu texto, que permite olhar a mão do oponente e o topo do seu deck e ainda permutar alguma carta muito perigosa em determinado momento. Essa carta é muito presente em diversos decks de controle e um ótimo abertura no seu jogo.

 

Pyro

Pyro é uma carta muito útil. Tanto para finalizar ou até mesmo virar um jogo, seu ímpeto forte tanto no seu texto quanto na sua habilidade e com uma entrada em cena em um momento chave sempre foi algo decisivo nas partidas.

 

Invasão Cósmica

Rei das Sombras

O Rei das Sombras é uma carta sempre presente em decks de controle – ela se encaixa muito bem nos de Magia com Telepatia. Seu texto impede o personagem escolhido de causar dano e ainda reduz o dano recebido em 1. Em muitos momentos, ele é melhor que Cassandra Nova, pois é mais fácil de permanecer em cena. Com a nova rotação, os decks de controle perdem uma excelente carta.

 

Invasão Cósmica

Com a chegada da nova rotação, o Poder Cósmico perde algumas cartas importantes – dentre elas, o cenário Invasão Cósmica. Com esse cenário, o jogador não precisava se preocupar tanto com seus recursos, pois seu texto lhe gerava 2 de recurso ao usar uma habilidade cósmica.

 

No Lugar Errado

O cenário No Lugar Errado é mais uma carta de controle que nos deixa com a chegada da Rotação. Sua habilidade é sensacional contra decks que usam e abusam de afiliação. É uma carta excelente contra Tentáculo, por exemplo.

 

Iniciativa Vingadores

Caça-Hulk

Caça-Hulk é uma carta EV espetacular, muito presente nos decks Illuminati e nos Aliados do Homem de Ferro – tendo como exemplo claro o deck do atual campeão do Battle Royal. Sua ação consegue facilmente destruir personagens com super força.

 

Capitão Universo (V1)

O Capitão Universo (V1) é uma carta muito forte em decks que usam e abusam do ímpeto e principalmente nos de poder cósmico, mais especificamente Tropa Nova. Seu texto de ganhar afiliação e de poder se capacitar é bem forte. Será uma carta que fará muita falta na batalha sitiada.

 

Vampira (V2)

Vampira é uma das cartas mais versáteis do jogo, devido ao seu texto de ganhar os poderes das habilidades que ela carrega. Ela cabe facilmente em decks de magia, poder cósmico entre tantos outros. Sua versatilidade fará falta.

 

Lâminas Encantadas

Lâminas Encantadas foi a carta que entrou como uma luva no deck de Tentáculo, dando uma segurança muito forte para os personagen. Com a rotação, Tentáculo perde uma grande defesa para o deck.

 

Singularidade Temporal

Assim como Tentáculo perdeu uma defesa muito forte, a rotação também tirará do formato sitiado uma carta que era muito eficaz contra o deck. Singularidade Temporal é um cenário que funciona como uma trava global para os personagens com nomes e/ou alter ego iguais.

 

Ofensiva Surpresa

Amadeus Cho

Após o banimento do Tony Stark, o Amadeus Cho se tornou a melhor abertura de jogo para o deck de Illuminati. Seu poder de entrar e ativar Descobertas Infindáveis e ser um personagem com um custo mínimo acelera muito o desenvolvimento do jogo. Sem o Amadeus Cho na batalha sitiada, os decks de Illuminati perde força no desenrolar do seu jogo.

 

Homem-Formiga e Jaqueta Amarela

Homem-Formiga e Jaqueta Amarela são cartas muito presente em diversos decks, isso pelo simples fato delas atrapalharem o desenvolvimento do jogo do seu oponente. Eles impedem o ímpeto e seus poderes são excelentes para o meta atual. Essas duas cartas farão muita falta na batalha sitiada no Battle Scenes.

 

Câmara Neutralizadora

Sem dúvida, esse vai ser o suporte que fará mais falta na batalha sitiada em 2018. Câmera Neutralizadora é uma carta padrão em muitos decks. Seu texto de remover os textos de um personagem é muito forte ecom a rotação nova teremos somente a Prisão 42 como suporte para fazer essa função.

 

Joia do Infinito – Tempo

Nesse artigo, a ideia inicial era falar somente de personagens, suportes e cenários. Porém, não podia de deixar de falar sobre a Joia do Infinito – Tempo. Com a queda dessa carta no formato sitiado, teremos decks rodando mais rápidos e outros com o foco no ímpeto rodando mais facilmente. Perder a Joia do Infinito – Tempo, Homem-Formiga e Jaqueta Amarela ao mesmo tempo poderá deixar o jogo mais rápido. Sem dúvida, fará muita falta no formato.

 

Então é isso, pessoal! Espero que vocês tenham gostado.

Lembrando que não é porque a carta caiu na rotação, que ela não serve mais. Em outros formatos, as cartas citadas continuam com sua força máxima. 😉

Obrigado e até a próxima!

Tag: , , , , , , , , ,
  • Allyson Mendes

    Rotação é uma idéia muito idiota. Dar ênfase à isso mais idiota ainda.

    • Tony Soprano

      Rotação é a base de todo card game de sucesso. Não é porque meia dúzia não gosta que é idiota. Aliás, o brasileiro tem uma mania de achar que o mundo todo está errado, menos ele.

    • Victor Martins

      Você quer um fiasco de jogo? Por que não tendo rotação é como você consegue um fiasco de jogo.
      Duvida olha o formato vintage de magic ou qualquer formato de yugioh.

  • Marcelo Caló

    Nada contra quem jogue sitiada, eu não jogo, nem construo decks para essa forma de jogo. Porém conto com o entendimento da copag que tanto quem gosta do torneio sitiada como quem prefere o infinita precisam se sentir prestigiados pelo jogo.

  • Pedro Augusto

    Claramente o nosso jogo não precisava passar pelas tão odiadas rotações ):

    • Victor Martins

      Acredite ou não é necessário, isso ou ter uma ban list que nem a do yugioh que apenas cresce a cada nova expansão.

      • Tony Soprano

        Yugioh é um jogo vergonhoso, os caras que criam as cartas não jogam o jogo, só pode.

  • Tony Soprano

    Sentirei muita falta do Shuma-Gorath, um dos meus cards preferidos. Tomara que ele volte reeditado, é card formador de deck.

  • Gerson Gregorio

    e facil somente para a copag ter uma ideia quem gosta e quem não gostou da rotação, coloca sim e não

    • Gerson Gregorio

      não a rotação

  • Czar

    todo jogo de tcg bom tem rotação. Meta faz parte de qualquer competição, até no futebol temos epócas em que determinados esquemas e estratégias são mais utilizadas e varia com a época, isso é nitido ao longos dos anos. Mas nos card game é muito mais intenso essas mudanças e lançamentos, tem mais fatores que alteram uma partida, então pra se manter um padrão de jogo e dinamismo se tem as rotações. E se vc não gosta dela, nao tem problema é só não jogar com o deck nesse formato, pode jogar com o que você quiser, é uma questão de combinar com seu adversário. Agora quando se fala de COMPETITIVO ai sim tem q estar de acordo com a rotação. Tem jogo pra todo mundo não precisa reclamar 🙂